Tecnologia para acabar de vez com as bolinhas vermelhas de mau comportamento!

Tecnologia para acabar de vez com as bolinhas vermelhas de mau comportamento!




Hoje vamos partilhar um pouco da historia de um menino, o Filipe e como uma app educativa o ajudou a conseguir melhorar o seu comportamento e rendimento na sala de aula.

O Filipe é um menino criativo, alegre, energético, sempre com a cabeça nas nuvens e com a tendência nata de se meter ou provocar situações potencialmente causadoras de castigo.

Aos 5 anos foi diagnosticado com Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção e aos 6, Dificuldades de Aprendizagem da Leitura e Escrita.

Frequentou o ensino pré-escolar, sem qualquer dificuldade aparente, mas ao entrar para o primeiro ano, a fasquia elevou-se e as dificuldades de concentração começaram a ser mais evidentes.

As regras da sala, estar calado, sentado e em actividade não pareciam ter sido escritas para ele!

Apesar de todos os dias prometer à mãe que se ia portar bem, todos os dias o seu caderno se pintava da cor amarelo e vermelho, os castigos começaram a suceder-se… raramente estava autorizado a ir ao recreio, em casa já não podia ver os seus desenhos animados e séries favoritas, irritava-se com facilidade, não queria colaborar nas atividades da escola, recusava-se a fazer os trabalhos de casa, até que um dia frustrado com a ameaça de mais um castigo, explicou à mãe, que já sabia qual era o seu problema, era burro!

Esta história do Filipe, infelizmente é a história de muitos meninos!

Agora no segundo ano, o seu comportamento agravou-se, o que fez com que a sua mãe, nos contactasse, poderia a tecnologia que ele tanto gosta, ajudar?

Para podermos avaliar melhor a situação, marcamos uma reunião com a professora e psicóloga do colégio onde em conjunto com a família se tentou “chegar a bom porto”.

Superar as suas dificuldades de aprendizagem, conseguir acompanhar o ritmo dos colegas, seria o primeiro passo para elevar a sua auto-estima e bem-estar dentro da sala de aula. Mas para isso era imperativo que entrasse rapidamente num programa de educação e reeducação da leitura.

Então a primeira decisão foi oferecer ao Filipe apoio pedagógico acrescido individual na escola e no Centro de Desenvolvimento Infantil, com técnica especialista  (treino dos pré-requisitos académicos, consciência fonológica, controlo da atenção).





Foi também sugerida a introdução de um método de ensino multissensorial para melhorar a sua fluência leitora.

O segundo passo, mas não menos importante, intervenção cognitivo-comportamental, com o objectivo de reforçar comportamentos positivos e levar à extinção de comportamentos negativos/desadequados.

O Filipe não queria ser diferente na sala de aula, por isso era importante que as estratégias utilizadas pela professora, fossem iguais para todas as crianças. E ela já utilizava o famoso sistema das bolinhas.

Concluiu-se rapidamente, que essa metodologia acabava por ser muito vaga e injusta. A atribuição de bolas fazia-se duas vezes ao dia, e não reflectia de forma específica o comportamento do aluno.

No caso do Filipe, seria possível que numa semana, tivesse todos os dias em todos os momentos um comportamento desadequado?

Na verdade, o que acontecia era que qualquer pequeno deslize podia transformar uma bola verde numa vermelha.

Por exemplo, nesse dia, o Filipe tinha estado bem-disposto, trabalhado bem, e arrecadado uma bola verde, mas viu a sua bola verde transformar-se em bola vermelha, no momento em que foi à casa de banho e apareceu na aula todo molhado.

Partindo do princípio que um comportamento reforçado tem maior probabilidade de ser repetido, era importante arranjar uma forma de em casa e na escola se conseguir reforçar comportamentos desejados.

Foi então que se sugeriu a introdução de tecnologias na sala de aula, neste caso em particular a utilização de uma app educativa, a class dojo, disponível na app store (ipad) e na Google Play (dispositivos android).

https://www.youtube.com/watch?v=KaeNSYJvrn0

Como funciona, como utilizar a app

A app class Dojo, é uma aplicação educativa que permite ao professor, reforçar num clique, os comportamentos dos alunos, imediatamente a seguir à sua ocorrência.

O professor descarrega a app, cria um perfil da sua turma, introduz os nomes dos alunos e define um conjunto de comportamentos:

– positivos, adequados;

– a trabalhar;

A cada comportamento é atribuído um conjunto de pontos de acordo com a sua importância relativa, comportamentos adequados pontos positivos e comportamentos a trabalhar pontos negativos.

Durante o dia, o professor vai atribuindo pontos a cada aluno, a cada comportamento. No final envia por email o relatório do dia à família que assim, pode ter uma ideia mais aproximada do rendimento da criança.

Cada criança tem o seu perfil único e personalizado, e contribui para a nota de comportamento da turma.

Para além da avaliação do comportamento em situações de grande turma, a app, ainda oferece a possibilidade do professor avaliar o desempenho dos alunos em situação de trabalho a pares ou em pequenos grupos.

class dojo

Alunos mais felizes, salas de aulas mais felizes

class dojo2

App educativa que aproxima as famílias da escola

O Filipe e a App Class Dojo

O ideal era que numa primeira fase, não se utilizasse qualquer tipo de reforço negativo, mas no contexto da sala de aula isso não era uma opção.

Cada aluno escolheu um avatar para o representar, num local bem visível da sala, foi afixado um cartaz, com os comportamentos desejados pela professora e respectivos pontos, para não se perder de vista os desafios do dia.

Foi tudo muito bem explicado pela professora e na verdade, no primeiro dia de utilização, o resultado não podia ser melhor, 12 pontos positivos!

O relatório do Filipe foi enviado para os pais

O relatório do Filipe foi enviado para os pais

O Filipe aceitou sem reservas ler o texto trabalhado na aula, passou para o caderno as questões dentro do tempo previsto, levantou o braço antes de falar …

Ele não queria activamente perder nenhum ponto, também não queria prejudicar os pontos da turma. Só queria somar pontos positivos, e durante o dia esforçou-se para realizar o máximo de comportamentos demonstrados no cartaz.

O relatório foi enviado para os pais, que finalmente lhe puderam dar um prémio verdadeiramente merecido.

O primeiro passo foi dado, o Filipe no primeiro dia ficou de parabéns, o caminho é longo, mas possível, só são necessárias as estratégias corretas, muita dedicação e carinho!





Se pretender adquirir a app, pode clicar na imagem e será automaticamente direccionado para a loja:

App Class dojo, compatível com iPhone, iPad e iPod touch

App Class Dojo, compatível com iPhone, iPad e iPod touch

app Class Dojo disponivel para dispositivos android

app Class Dojo disponivel para dispositivos android

Partilhar isto:Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+