8 formas de encorajar as crianças a desenvolver soft-skills

8 formas de encorajar as crianças a desenvolver soft-skills

Soft skills é um termo genérico que se refere a um conjunto de comportamentos que nos ajudam conviver e a construir relacionamentos positivos: integridade, perseverança, compaixão, empatia.

Tracy Clarksville, na página gettingsmart.com sugere 8 estratégias que educadores podem utilizar para conseguir encorajar as crianças a desenvolver soft-skills, adoramos a sua partilha e por isso adaptamos o conteúdo, que quisemos também partilhar consigo.

Seja autêntico

1- Seja autêntico/ verdadeiro

Em vez de estar continuamente a reforçar tudo o que a criança faz, com “muito bem”, “excelente trabalho”, “és tão bom ou tão inteligente”… Páre, observe o comportamento ou desempenho da criança e reflita. Distinga momentos específicos, onde a criança se conseguiu superar a si própria, ou valorize o seu esforço.

Segundo Carol Dweck ( The New Psychology of Success) “Tornar-se é melhor do que ser”

Passo 2 desenvolver soft skills

2- Utilize com frequência no seu discurso as qualidades que quer cultivar

Por exemplo, a empatia, capacidade de se identificar com outra pessoa, de compreender emocionalmente o outro, é um conceito abstrato difícil de explicar a uma criança. No entanto se com frequência e de forma consistente os pais a referirem e reforçarem em contextos naturais e em diálogos é facilmente interpretada, porque “sentida”.

Esteja atento às qualidades que quer cultivar no espírito das suas crianças, sejam elas a empatia, a perseverança, pensamento positivo, e converse com elas sobre o assunto, aproveite situações passadas em família, histórias de livros, enredos de filmes…

Experimente fazer um jogo de palavras do tipo:

A forma como tu …. mostra ….

(a forma como tu continuaste atrás da bola, mesmo depois de teres tropeçado, mostra perseverança).

Passo 3 desenvolver soft-skills

3 – Valorize o pensamento e a reflexão da criança

Experimente em vez de reforçar continuamente as respostas certas, aquilo que a criança já sabe, reforçar também o momento em que a criança se questiona, faz perguntas, tira dúvidas.

Para crescer é importante errar, experimentar e a casa, a escola, devem ser lugares onde a criança se sinta segura para o fazer.

4 passo desenvolver soft skills

4 – Sirva os outros

Quando ajudamos alguém, sentimo-nos felizes, realizados. E a boa notícia é que quanto mais ajudarmos, mais queremos ajudar.

Já se sabe que não é fácil, tem custo, mas sempre que puder, dê o exemplo, dê um pouco de si, ajude alguém, o coração da criança vai estar atento e aprender com o seu modelo.

Hoje é o pai, o avô ou professor, amanhã é o filho, o neto ou o aluno.

5 passo desenvolver soft-skills

5 – Permita alguma liberdade e espaço para o imprevisto

Hoje em dia, o nosso dia parece todo preenchido, agendado (o nosso e o das crianças).
Coisas simples como brincar e estar com as crianças têm de ser programadas, repletas de actividades e materiais altamente estruturados.

Lembra-se das coisas que fazia na sua infância, nas suas férias de verão? Era tudo tão simples, e ao mesmo tempo tão reconfortante… Adivinhar formas das nuvens, construir casinhas nas árvores… As crianças de hoje em dia, como nós também precisam espaço, liberdade, tempo, para imaginar e criar de preferência sem lembretes ou jogos formatados.

Desfrute cada momento

Desfrute cada momento, esteja presente, positivo e grato.

Passo 6 desenvolver soft skills

6 – Suje as mãos, desarrume, mãos-à-obra

Queremos construir pensadores, criadores e realizadores. Queremos que as crianças pensem pelas suas cabeças, quem experimentem… Mas o que fazemos é comprar actividades pré-embaladas que estimulam pouco mais do que habilidades específicas.

Já se questionou porque lhe faz tanta confusão, ter as coisas desarrumadas? Porque sobre o pretexto da segurança muitas vezes acaba por optar por soluções mais previsíveis?

Vá lá… Resgate a criança que há em si e deixe-se levar pela brincadeira!

7 passo desenvolver soft skills

7 – Relaxe… Não tem de salvar, corrigir, amenizar todas as contrariedades e dificuldades da vida
Gostava que a criança tivesse mais “iniciativa” mas dá-lhe sempre um empurrão? Quer crianças resilientes, mas protege-as de toda e quaisquer adversidade?

Daring Greatly no seu livro Dr. Brené Brown’s diz referindo-se aos seus filhos “Eu vou querer eliminar a vossa dor, mas em vez disso vou vos ensinar a sentir”.

Tirar um peso à criança também poderá ser subtrair-lhe uma oportunidade de crescimento.

Libertar as crianças da dor, causa sofrimento

Sabe tão bem quando nos conseguimos superar a nós próprios, quando descobrirmos as nossas forças e limites… E os conseguimos transcender!

8 passo para desenvolver softskills
8 – Admita, não sabe, nem nunca saberá tudo
Os pais, por muito que queiram não são super-heróis, sempre adequados. Em vez de fingir que tem sempre tudo sob controle, admita que não é perfeito, relaxe. Descubram juntos as respostas e soluções.

Se pretender pode consultar o artigo original, clicando aqui

Partilhar isto:Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+