Confirma-se… o uso de tablets, telemóveis e televisores à noite no quarto, prejudica o número de horas e qualidade de sono das crianças

Confirma-se… o uso de tablets, telemóveis  e televisores à noite no quarto, prejudica o número de horas e qualidade de sono das crianças

Um artigo publicado recentemente na revista Pediatrics revela o potencial impacto negativo do uso de dispositivos móveis na qualidade do sono de crianças em idade escolar.

O estudo teve em conta hábitos de 2 mil crianças, matriculados no Massachusetts Childhood Obesity Research Demonstration.

E concluiu que a utilização de ecrãs no quarto antes de ir dormir sejam eles de grandes dimensões como a televisão ou de pequenas dimensões como os tablets e smartphones, perturba o ambiente conducente ao sono das crianças.

Verificou que as crianças que utilizam telemóveis ou tablets à noite no seu quarto dormem, em média, menos 21 minutos e têm maior propensão para sofrerem de insónias.

 

O que fazer para contribuir para que as crianças durmam melhor nesta era tecnológica? 

A chave para resolver esta questão, passa por mudar hábitos já tão enraizados nas nossas casas, neste caso não só das crianças como dos pais.

“Uma grama de exemplos vale mais que uma tonelada de conselhos”

Comece por dar o exemplo!

Na presença do seu filho, tenha sempre o cuidado de utilizar o seu tablet e o smartphone de forma regrada.

 

É importante que o adulto seja o primeiro a compreender os riscos e o que se perde quando tentamos estar sempre em multitasking, a fazer varias actividades em simultâneo.

Há horas para aprender, nos divertirmos mas também para relaxarmos, conversarmos, partilharmos as nossas experiências e neste caso, apenas dormir!

Depois poderá experimentar outras estratégias, como tentar criar no quarto da criança um ambiente conducente ao sono, eliminando todos os aspectos que se possam ser fonte de distração e actividade.

O ideal é tentar criar uma associação positiva entre a hora de ir para a cama e o dormir, para que assim, o sono possa surgir de forma espontânea e natural.

– Uma boa noite de sono, vai ter repercussões positivas em todas as áreas da vida da criança, vai favorecer o seu bem estar, contribuir para uma melhoria do seu comportamento,rendimento escolar, facilitar processos como a atenção a memória.

 

Se ficou interessado, poderá consultar o artigo na integra, clicando no seguinte link:

Pediatrics-2015-Falbe-peds.2014-2306

 

Partilhar isto:Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook